Foz do Iguaçu com pouco dinheiro – Entenda como fazer

Data: 14 Janeiro, 2018

Categoria: Mochilão

Sem dúvida nenhuma Foz do Iguaçu é um ponto de parada obrigatório se você ama natureza e viajar pelo Brasil. É impressionante a quantidade de água que passam por aquelas cataratas e a infraestrutura dos parques é muitas vezes melhor que a grande maioria dos parques nacionais no Brasil.

O problema é que existem tantas opções de turismo que o valor pode ficar bem salgado se você não pesquisar antes, lembrando também que você pode aproveitar a oportunidade para conhecer na mesma viagem a Argentina e o Paraguai.

É melhor visitar o lado Brasileiro ou Argentino das cataratas?

Se você quer a experiência completa, vá aos dois lados, você terá um ponto de vista diferente, porém vai gastar mais que o dobro para fazer os 2 parques. O parque no Brasil custou R$ 38 enquanto o transporte até o lado argentino + o parque custou R$100 para conhecer.

A minha opinião é que dá para economizar em algumas coisas antes de resolver cortar as cataratas de um lado ou de outro. Muita gente fala que o lado argentino é mais bonito, eu achei ambas as cataratas imperdíveis.

Onde se hospedar em Foz do Iguaçu gastando pouco?

Sempre opte pelos hostels, você pode utilizar o Booking.com para procurar os melhores valores, que giram em torno de R$35 até R$55. Eu pesquisei bastante e encontrei um hostel muito bacana para ficar que superou todas minhas expectativas.


Sou chato com algumas coisas referentes à hospedagem: Tenho como deixar minhas coisas seguras? Vou conseguir me integrar com os mochileiros do mundo todo? O valor da diária é absurda, sem oferecer nada a mais que a hospedagem? O banheiro com chuveiro é bom?

No hostel que fiquei, a diária tinha um bom café da manhã incluído, 1 caipirinha grátis por dia, mochileiros do mundo todo para fazer amizade e um dos melhores chuveiros que já tive o prazer de tomar banho em hostel. Devo ter ficado em mais de 50 hostels no decorrer da vida, esse foi um dos melhores que me hospedei.

Hostel Tetris
Av das cataratas, 639 – Foz do Iguaçu
Indicação Trabalhe Seu Sonho

Como ir até as cataratas gastando pouco?

A melhor opção é sempre transporte público. Se você utilizar as Vans, taxis ou contratar serviço para te levar lá vai pagar muito mais caro que utilizar ônibus. Os ônibus em Foz do Iguaçu são limpos e os pontos são cobertos e bem fácil de identificar. Algumas linhas são repletas de turistas e é só seguir o fluxo que a maioria das pessoas estão indo para o mesmo lugar que você.

Fiz uma listinha com as linhas dos ônibus que você precisará saber para se locomover para os pontos turísticos em Foz do Iguaçu.

Para as cataratas Brasileiras você pode pegar o ônibus 120 que passa pelo Aeroporto, Cataratas lado Brasileiro, Parque das aves e museu de cera.

Para ir ao Paraguai você pega o ônibus Paraguai com um custo de R$ 5 reais e atravessa a ponte da amizade nele mesmo.

Para ir para as cataratas do lado Argentino, você pega o ônibus Argentina com o custo de R$ 5 reais e lá no lado argentino pega outro que te leva e traz do parque para a estação de ônibus com o custo salgado de 40 reais.

Qual o mínimo necessário para viajar para Foz do Iguaçu?

Fazendo continhas básicas para uma viagem de 4 dias, sem contar o transporte de ida e volta para sua cidade, visitando somente as cataratas do lado Brasileiro, indo ao um cassino na Argentina e com 1 dia de compras no Paraguai.

Alimentação: R$ 100 ( Restaurantes na média de 14 reais coma à vontade + bebidas )
Hostel: R$ 160 ( Média de 40 reais a diária )
Parques: R$ 39 ( Custo para a entrada das cataratas )
Transporte: R$ 22 ( Diversos ônibus entre as cataratas e para Paraguai )
Cassino: R$ 25 ( Existem cassinos que te buscam e te levam no hostel de graça com uma consumação mínima de R$ 25 reais )
Total: R$ 346

Não é um investimento caro para uma viagem tão incrível e com natureza que em nenhum outro lugar do mundo você encontrará igual. Espero que tenha gostado das dicas e pé na estrada!!

0 comentários

Compartilhe!
Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no Google+ Compartilhar no LinkedIn Enviar por email
Palavras:

Você vai gostar de ler:

Como fazer a Trans Siberiana

Manual completo para viajar de navio de carga

Rota de volta ao mundo: Começando a organizar

Como chegar a Machu Picchu

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*