Mochilão Bolívia – De Uyuni a Sucre

Data: 23 junho, 2016

Categoria: Mochilão

Nesse post, eu contei a vocês sobre nossa experiência no tour pelos desertos de Sal e do Atacama a partir de Uyuni na Bolívia, e também sobre nossa organização pra não ter que pernoitar na cidade boliviana que é feia e cara pra caramba.

 

Nesse post, eu contei a vocês sobre nossa experiência no tour pelos desertos de Sal e do Atacama a partir de Uyuni na Bolívia, e também sobre nossa organização pra não ter que pernoitar na cidade boliviana que é feia e cara pra caramba.

Na ida, deu tudo certo: chegamos a Uyuni às 5h da manhã vindos de La Paz e saímos para o tour às 10h da manhã do mesmo dia. Na volta, 3 dias depois, tínhamos que conseguir a mesma sincronia, já que não tínhamos as passagens para o nosso próximo destino: Sucre!

Depois de conhecer os dois maravilhosos desertos bolivianos, nossa lista de principais sonhos a realizar na volta ao mundo havia chegado ao fim e, por isso, precisávamos traçar a melhor rota para o Brasil. Em um dos possíveis caminhos estava a linda cidade de Sucre e após constatarmos em pesquisa no Booking que as hospedagens eram baratas na cidade, decidimos seguir viagem por lá!

Chegamos a Uyuni por volta das 17h, exaustos, e logo confirmamos a informação mais importante naquele momento: o ônibus a Sucre sai de Uyuni diariamente! Graças a Deus não seria preciso baldear em alguma outra cidade, como Potosi por exemplo.

Agora restava saber o preço e se havia vagas no ônibus pra aquela mesma noite! Deixamos nossas coisas na agência de viagens com a qual fizemos o tour e saímos pelas ruas esburacadas da cidade em busca da única empresa que faz o trecho: a 6 de Octubre.

6_octubre

Encontramos mais um daqueles lugares desorganizados típicos, mas conseguimos poltronas para aquela mesma noite por 70 bolivianos por pessoa (35 reais na cotação do momento). Agora nos restava esperar, já que o ônibus sairia às 22h30.

Como fomos delicadamente expulsos da agência de viagens às 19h30, eu, o Will e um casal de austríacos também recém chegados do deserto e a caminho de Sucre, fomos juntos a um bar pra matar tempo, beber cerveja e trocar experiências de nossas trips. No fim das contas, dividimos o táxi e o quarto em Sucre, e nos tornamos bons amigos!

sucre1

Às 22h10 embarcamos no ônibus que sai de frente do escritório da empresa 6 de Octubre e como eu estava traumatizada depois do congelamento no ônibus de La Paz a Uyuni (leia aqui), eu não acreditei na promessa da calefação e coloquei 500 blusas! Hahaha!

A calefação funcionou, a viagem foi curta (cerca de 7 horas), relativamente tranquila e conseguimos dormir um pouco. A estrada não era das piores que já viajamos e às 5h da manhã chegamos a Sucre. E, apesar de não termos reserva em hostel na cidade, sabíamos que a melhor opção era ficar perto da Plaza 25 de Mayo, região central da cidade e com bastante opções de hospedagem a preço justo.

Seguimos pra praça e logo arranjamos um hostel excelente pra ficar. Em breve ele estará devidamente avaliado na página Hostels que Ficamos, aqui no blog! E, assim, pudemos curtir alguns dias de descanso numa cidade bonita, tranquila e cada vez mais perto de casa!

0 comentários

Compartilhe!
Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no Google+ Compartilhar no LinkedIn Enviar por email
Palavras:

Você vai gostar de ler:

Como chegar a Machu Picchu

Manual completo para viajar de navio de carga

Rota de volta ao mundo: Começando a organizar

Como fazer a Trans Siberiana

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*