Novo capítulo da volta ao mundo

Data: 20 junho, 2016

Categoria: Mochilão

Estou abrindo parênteses na cronologia dos posts sobre a trip de volta ao mundo pra contar pra vocês em quê momento da viagem nós estamos!

Quem acompanha a nossa trip pelo Facebook, sabe que chegamos ao Brasil há pouco mais de uma semana, atravessando a fronteira para o país a partir de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, e fomos para o Pantanal realizar o sonho de ver de muito perto aquela natureza que explode em vida bem na nossa cara.

pantanal

Depois de dias em Corumbá, no Pantanal e em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, trabalhamos no orçamento que tínhamos para viajar por alguns lugares de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro, e concluímos que – sem sombra de dúvida – o caminho mais curto e mais barato era passar em São Paulo e não seguir direto de Mato Grosso do Sul para Minas Gerais.

Uma pena, mas os altíssimos preços de passagens rodoviárias, as eventuais poucas opções de rota e a burocracia típica das companhias aéreas deixam poucas opções a quem quer mochilar pelo Brasil com baixo orçamento. Ou você vai de bicicleta, ou a pé, ou de carona, ou de moto, ou de carro. Mesmo levando em conta o preço do combustível, a gente vai economizar consideravelmente se deslocando de carro pelo Brasil ao invés de transporte público como fizemos em toda a volta ao mundo.

Então, depois de muitos e muitos kilometros rodados em todo tipo de ônibus, trem e barco, sempre buscando o melhor preço ou melhor custo X benefício pro nosso orçamento havia chegado a hora de começar um novo capítulo da trip. Passar no apartamento dos meus pais e pegar o carro, uma das poucas coisas que não vendemos antes de começar a jornada, pra seguir viagem num esquema bem mais confortável pra nós.

20160617_104919

O mochilão e seus 15kg vão morar muito mais tempo no porta-malas do que nas minhas costas, né?! 😀 E também podemos ouvir o som que desejamos, fazer as paradas que bem entendermos, mudar a rota no meio do caminho. Confortável!

Porém, se pudéssemos escolher, teríamos seguido em transporte público, que nos rende muito mais história pra contar na convivência com outros viajantes, na contemplação das paisagens pela janeja, na constante loteria que era saber se o trem/ ônibus seria bom e se a estação ficava longe do seu hostel!

Mas não dá pra escolher pagar 3 vezes mais pra fazer o mesmo trecho, né?! 🙂 Então bora seguir viagem de carro, muito felizes por conseguirmos fazer grande parte da volta ao mundo em transportes públicos com preço acessível ao nosso orçamento.

A visita relâmpago em São Paulo nos permitiu dar aquele abraço apertado na família e em alguns amigos, fazer uma revisão no carro e na documentação pra podermos viajar seguros e lavar nossas roupas que estavam imundas! Hahaha!

Seguimos viagem fazendo a primeira parada em São Tomé das Letras, Minas Gerais, a linda cidadezinha que abriga cachoeiras, grutas, formações rochosas incríveis e histórias de ovnis, bruxos, santos… energias diversas e muito boas! 🙂

STL

Além de ser uma cidade que queríamos conhecer há tempos, tínhamos o motivo mais especial de visitar a casa de amigos muito queridos que são grande inspiração para nós. Há pouco mais de dois anos, eles decidiram trabalhar seus sonhos, se planejaram, saíram dos convencionais empregos em São Paulo e se mudaram para a região rural de São Tomé, para viver e trabalhar de uma forma muito mais feliz, equilibrada e integrada com a natureza.

A hospedagem é deliciosa em todos os sentidos, e conviver com eles nesse estilo de vida tão diferente do que levávamos em São Paulo soma ainda mais exemplos aos que vivenciamos durante a volta ao mundo e ajuda a confirmar que há muitas formas de realizar seus sonhos, de ser feliz, de construir a vida, longe da roda viva do que nos é imposto e perto daquilo que acreditamos de fato.

É possível e basta que trabalhemos firmemente no próposito de realizar nossos sonhos. E seguiremos viagem energizados por tanta coisa boa vivida na world trip e em São Tomé! 😉

4 comentários

Compartilhe!
Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no Google+ Compartilhar no LinkedIn Enviar por email
Palavras:

Você vai gostar de ler:

Como fazer a Trans Siberiana

Manual completo para viajar de navio de carga

Rota de volta ao mundo: Começando a organizar

Como chegar a Machu Picchu

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*