Pessoas que moram em barcos

Data: 14 dezembro, 2016

Categoria: Barcos

O público do blog é bastante diversificado, mas certamente o mais fiel de todos é a galera apaixonada por barcos.

Os posts “Como”, “Quanto custa” e “Por que morar em um barco?” são os mais acessados do site e já possuem mais de 70 comentários cada um.

Isso mostra que tem muita gente espalhada pelo país que pensa seriamente em trocar a vida tradicional em endereços fixos pela vida nos mares.

É caro morar em um barco?

E a boa notícia é que morar em um barco pode ser muito mais barato que em uma casa ou apartamento tradicionais.

A mensalidade em uma marina depende do tamanho e modelo do barco, porém é certamente viável gastar muito menos que um aluguel.

 

Por exemplo: há marinas que cobram R$31,00 pelo pé do barco. Pensando em um veleiro de 26 pés, o valor para manter o barco ancorado é de R$ 806,00 com eletricidade e água potável inclusos.

Vale a pena morar em um barco?

Além do valor acessível, viver em um barco nos aproxima do mar, da natureza e de um estilo de vida mais tranquilo e simples.

Não se pode acumular muita coisa. É possível desbravar os mares sem sair de casa. Usar o vento como combustível. Gerar energia solar.

Pessoas que moram em barcos!

Se ainda faltam motivos para você ter certeza que esse é uma alternativa excelente de vida para quem não é apegado aos bens materiais e tradicionais, você precisa conhecer o projeto #SAL.

A série documental conta a história de pessoas que abandonaram o modelo tradicional de vida e rotina para viver a bordo de veleiros e explorar o mundo a bordo.

O mais interessante é ver que há todo tipo de perfil de pessoas que tomaram essa decisão: aventureiros solitários, casais jovens, casais aposentados, grupos de amigos, famílias.

Em comum, todos estão em busca de uma vida mais simples e plena. Muitos deles possuem rotina de trabalho, outros geram renda com seus barcos.

Adriano Plotzki, Ernani Oliveira e o veleiro apelidado de “Brutos” são os idealizadores e realizadores da série #SAL (Hashtag Sal).

Já entrevistaram as mais diversas pessoas que trocaram a rotina por um dia a dia simples, pleno e cheio de visuais encantadores.

Vale muito a pena investir algum tempo explorando o canal no youtube. Você certamente vai encontrar pessoas com perfis semelhantes ao seu.

Boa viagem! 🙂

8 comentários

Compartilhe!
Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no Google+ Compartilhar no LinkedIn Enviar por email
Palavras:

Você vai gostar de ler:

Como usar o sextante

Como construir seu barco

Quanto custa morar em um barco

Melhores barcos para morar

8 comentários
  1. Olavo Theodoro Responder
    11 de janeiro de 2017

    Olá Marujo!! Mais uma vez por aqui e acabo de ler esse post,ainda não o tinha visto e muito bem escrito por sinal. Conheço o #SAL e gosto muito. Tenho uma pergunta. Bem, mais um pedido que que pergunta. Como moro em SP/SP e você costuma velejar pela Guarapiranga e estimulado pelo poste acima, tem como nos indicar algumas marinas onde é possível criar uma base? (morar no veleiro).
    Abraços e bons ventos sempre.

    1. Will Gittens Responder
      13 de janeiro de 2017

      Grande Olavo, valeu pela leitura!! Boa pergunta, vou fazer uma pesquisa lá pela Guarapiranga e ver o que encontro. Quem sabe não me mudo para um veleiro lá mesmo. Obrigado pela visita e continue acompanhando. Abração!

      1. Fernando Beserra Responder
        17 de junho de 2017

        Olá Will,
        Também fiquei interessado pela resposta de marinas na Guarapiranga. Se puder, poderia me copiar a resposta?

        Abraços!
        Fernando

  2. Dorothy Responder
    25 de janeiro de 2017

    Assinei esse canal é muito instrutivo, tem histórias bem legais.

    1. Fefa Trindade Responder
      1 de fevereiro de 2017

      Olá Dorothy! Obrigada pelo comentário! O canal #sal é inspirador, não é mesmo?! Nós sempre acompanhamos os conteúdos deles!

  3. victor Responder
    5 de abril de 2017

    tem mais gente que compartilha do meu sonho, e até um site pra isso, meu deus kkk amando!!!!!

    1. Will Gittens Responder
      1 de junho de 2017

      É isso ae Victor, milhares de pessoas compartilham do seu sonho. Ele é real, só precisa de um pouco de trabalho e comprometimento com a causa. Grande abraço!!

  4. ADRIANO MARTINEZ LIMA Responder
    19 de julho de 2017

    Olá Will, Boa Noite!

    Em primeiro lugar, quero parabeniza-lo pela qualidade do blog, fiquei muito feliz em saber que existe um canal que pode me ajudar a realizar o meu sonho.

    A quatro meses dei o meu primeiro passo, que foi sair de São Paulo e me mudar para o Espirito Santo (Vila Velha)… Agora quero fazer o curso de vela e quem sabe comprar o meu primeiro barco.

    Como sou marinheiro de primeira viagem, qual é a dica que você pode me dar, no que se refere a curso e tipos de barco… Meu sonho é morar num barco (sou casado e tenho um filho de 4 anos).

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*