Um tour por Bruxelas

Data: 1 Fevereiro, 2016

Categoria: Mochilão

É uma delícia ser surpreendido, não é?! Pois assim foi Bruxelas em nossa jornada de volta ao mundo!

Originalmente, a Bélgica não estava em nosso roteiro, apesar de sermos dois apaixonados por cerveja e o país ser super-especialista na produção do néctar dos deuses douradinho (ou escuro, ou vermelho.. nham!!) Porém, com a mudança dos planos e o encurtamento do tempo na fazenda holandesa (que você lê em detalhes aqui), decidimos incluir uma visita de dois dias a Bruxelas, a capital da Bélgica e da União Europeia.

bruxelas

E não nos arrependemos nem por um minuto! Que cidade linda!! Arquitetura típica europeia misturada a enormes arranha-céus que abrigam empresas de todo o mundo (não é a toa que a cidade é um dos centros econômicos mais importantes da Europa), muitos monumentos incríveis espalhados pela cidade, ruazinhas lotadas de restaurantes para atrair os turistas e alguns locais que estão entre os mais lindos que já vi…. de tirar o fôlego mesmo!

Pra completar a belezura toda, a cidade é especializada em quadrinhos (o Tintin nasceu na Bélgica!), waffles (hhhmmm), chocolates (cada loja que parece de mentira!!) e cerveja (minha nossa…! quanta perdição!).

Nós ficamos dois dias e meio na cidade, mas se você está com pouco tempo, certamente em um dia de boa caminhada consegue conhecer os pontos mais importantes de Bruxelas. Aqui vai o nosso resumo!

Grand Place

Qualquer um que visite a Europa sabe que em cada país, em cada cidade, haverá uma ou mais praças que merecem ser visitadas por sua beleza e grandeza. Essa é, sem dúvida, a praça mais linda que já vi!! Conhecida também como Grote Mark, ela foi considerada Patrimônio Mundial da Unesco em 1998 e é rodeada de prédios incrivelmente lindos, totalmente esculpidos, cheios de detalhes e banhados em muito dourado. Você pode ficar ali por horas apreciando cada detalhe. É uma beleza só! (e você pode dar um 360 na praça conosco, aqui!)

DSCN0180

A praça está localizada bem no centro da cidade e, em volta dela, você encontra dezenas de lojinhas de waffles, chocolates, suvenirs e cervejarias. Você também estará a poucos passos das duas estátuas mais importantes da cidade: o pequeno mijador: Manneken pis ( 🙂 ) e a estátua de um Lord de Bruxelas, o Everard’t Serclaes.

Manneken Pis

O povo adora reclamar, sabe?! Adora dizer que essa estátua é muito pequena para ser tão importante para a cidade. Ele é sim um gurizinho pequeno, porém cheio de história e mistério! Ele foi construído em 1388, roubado, destruído e reconstruído em 1619.

manneke pis

Há quem diga que ele representa um herói que salvou Bruxelas do fogo, outros dizem que representa um herói que salvou a cidade de uma invasão inimiga graças à urgência em fazer xixi. Pra nós, não importa a origem! Importa que ele é uma estátua bem simpática e símbolo dessa linda
cidade!

Loja/ Museu do Tintin

Ali no miolo do centro, ainda perto da Grand Place, está a Galeria/ Loja dedicada ao TinTin e outros personagens do desenho criado por um artista belga em 1929. Há artigos incríveis lá dentro, porém é proibido tirar fotos. Para os amantes dos quadrinhos, a parada é obrigatória!

20160130_155203

Catedral de Bruxelas (Capela de St Michael)

Depois de perambular por todo o centro, dê uma passada na Catedral de Bruxelas. Ela não é tão grande e imponente como outras catedrais que você pode conhecer na Itália, porém é lindíssima e merece a visita!

Vale a pena passar também pelo Palácio Real, o Jardim Botânico, o Mont des Arts… tudo gratuito e cheio de visus incríveis!

E vale muito, muito a pena parar em uma das cervejarias da cidade e se esbaldar nos cardápios com mais de 300 rótulos de cervejas especiais! Como esse é um assunto que gostamos muito, o Will está escrevendo um post dedicado às cervejas que experimentamos na Bélgica. Em breve tá no ar!

2 comentários

Compartilhe!
Compartilhar no Facebook! Tweetar! Compartilhar no Google+ Compartilhar no LinkedIn Enviar por email
Palavras:

Você vai gostar de ler:

Como fazer a Trans Siberiana

Rota de volta ao mundo: Começando a organizar

Manual completo para viajar de navio de carga

Como chegar a Machu Picchu

2 comentários
  1. Rezoca Responder
    2 de Fevereiro de 2016

    Fezocs, que demais!!! Vc sabia que aquela batataria mais famosa em Amsterdam que fomos perto da Centraal Station, chama-se Manneken Pis?!? 😀

    1. Fefa Trindade Responder
      2 de Fevereiro de 2016

      Pois eu não lembrava disso!!! E, olha… vc tem que comer as batatas fritas belgas!!! Santo Deus… que maravilha!! 😀

Participe! Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*